terça-feira, 29 de novembro de 2016

Reconstrução


Ao se construir por cima de uma estrutura já existente é preciso se atentar aquilo que pode ser aproveitado ou destruído completamente.
Analisar o porque daquela construção ter desmoronado, rachado ou simplesmente não lhe agradar mais, pode lhe poupar muito investimento, seja de tempo, monetário ou afetivo. Saber distinguir quando se deve reconstruir ou apenas abandonar proporciona muitos sabores ou dissabores.
No dia a dia, são várias coisas que requerem esse olhar. Um trabalho não concluído, uma casa a venda, um relacionamento falido...
Ao se reconstruir sobre fundações frágeis pode ser necessário que sempre seja necessário rever o projeto, pois não se quer ver o que gera constantes instabilidades. Trazendo uma falsa sensação de ser mais fácil reconstruir do que atacar o problema estrutural em si.
Quando se deseja mudar de vida, é preciso reconstruir as estruturas e demolir aquilo que não lhe serve mais. Pode ser que seja preciso mudar de emprego, de casa, de cidade, de país, ou apenas mudar a forma de olhar o mundo e suas pequenas nuances.

Nenhum comentário:

Postar um comentário